Bioderma Brasil | PERGUNTAS FEITAS PELOS CONSUMIDORES

Allez au contenu Allez à la navigation

Pele seca a muito seca

Perguntas dos consumidores

Share

Para saber mais sobre peles secas a muito secas, confira as respostas dos dermatologistas às perguntas feitas pelos consumidores BIODERMA.

Considero que a alimentação é tão importante para a pele como para todo o organismo. É importante fornecer-lhe tudo aquilo que necessita: água, vitaminas, sais minerais, proteínas, ácidos graxos essenciais. Uma alimentação correta e equilibrada garante que a pele terá todos estes elementos. Não há necessidade de suplementar uma alimentação correta. Essa suplementação pode ser prejudicial caso se verifique sobredosagem de determinadas vitaminas. Contudo, no inverno, quando a pele está mais seca, a ingestão de ácidos graxos poli-insaturados, como o ômega 3 e 6, geralmente está associada à melhorias na qualidade da pele.

A água, por si só, não é suficiente para hidratar. É também importante o aporte de lípidos de origem vegetal ou animal (preferencialmente de peixe) contendo ácidos graxos poli-insaturados. Prefira os de origem vegetal tais como as nozes, as avelãs, as amêndoas, o azeite. A água é necessária à vida, por isso recomendo que beba pelo menos 1 litro de água por dia.

O clima mais frio e seco levam ao ressecamento da pele e consequente perda de lípidos da superfície da pele. Por esse motivo será importante preservar a superfície cutânea evitando produtos agressivos na higiene e utilizando cuidados hidratantes regularmente.

O sabão é de fato agressivo para as peles secas. O sabão é um detergente agressivo porque tem um pH alcalino enquanto pele possui um pH ácido. Essa diferença de pH afeta negativamente o filme hidrolipídico, causando o ressecamento da pele. Os agentes de limpeza devem respeitar o pH cutâneo, por volta de 5,5. Prefira, portanto, produtos sem sabão (tanto em barra quanto líquidos). Os laboratórios dermocosméticos disponibilizam diferentes apresentações para de higienes adaptadas à todas as necessidades. Para saber se o produto de higiene que está utilizando é adaptado à sua pele basta estar atento: se a pele não repuxar após a higiene, é adaptado!

O diâmetro dos poros é reduzido com o tempo mais frio e as glândulas sudoríparas segregam menos suor do que quando o tempo está mais quente. A pele tem a capacidade de adaptar as secreções sudoríparas e sebáceas conforme a temperatura.